Loomio
Tue 4 Aug 2015

ATA DO ENCONTRO

B
Barney Public Seen by 323

Amadas e amados, estou fazendo um rascunho de nossa ata, um esqueleto, para que todas aqueles presentes possam contribuir:

https://pad.okfn.org/p/Ata_Encontro_Sudeste_PIRATAS


Versão FINAL

https://loomio-attachments.s3.amazonaws.com/uploads/cf20582725632783289373e1e1c6d68b/Ata_do_I_Encontro_Sudeste_do_Partido_Pirata_no_Brasil.pdf

B

Barney Tue 4 Aug 2015

@kannon @iuri @mauricioocoeli @ricardofukui @anafreitas @bernardojezah @hugosouzaalmeida @amaurialveswensko @lucarmo @renatorack @victorgaldino

B

Barney Tue 4 Aug 2015

@danilofujise

G

galdino Tue 4 Aug 2015

opa! já é um bom começo. posso revisar o que já está aí depois. no pad de perspectivas libertárias tem um relato sobre as discussões e decisões, mas ficou um texto longo se pensarmos em termos proporcionais ao que está aqui. posso ver se dá pra dar uma resumida e incorporar na ata.

B

Barney Tue 4 Aug 2015

vamos sim!

G

galdino Tue 4 Aug 2015

BN

Bruno Nascimento Tue 4 Aug 2015

''Por fim, foi discutida a ideia de um manifesto libertário do Partido Pirata, que, longe de declarar oficialmente uma formação de corrente interna, deve ter o único objetivo de mostrar para as pessoas de foram do partido e que estejam interessadas em participar que existem perspectivas libertárias sendo discutidas internamente e que muitas das pessoas associadas têm sua atuação política guiada por tais perspectivas, mostrando, dessa forma, que há espaço para as pessoas de diferentes vertentes libertárias (não confundir com libertarianismo??)'' A publicação oficial de um manifesto libertário do Partido Pirata,como o pad descreve,me soa como uma maneira de reafirmação de crenças pessoais de alguns membros que de denominam anarquistas (ou libertários) que tem o desejo de ver suas crenças particulares e seus dogmas ideológicos sendo reafirmadas pelo Partido,oficialmente.Deixa claro,também,que o objetivo é fazer uma chamada para trazer mais pessoas que partilham dessas mesmas crenças e dogmas anarquistas/libertárias para terem peso nas votações para mudança de pontos importantes do Programa,no trecho ''longe de declarar oficialmente uma formação de corrente interna deve ter o único objetivo de mostrar para as pessoas de foram do partido e que estejam interessadas em participar que existem perspectivas libertárias sendo discutidas internamente''.As propostas de deliberação que nascem desse viés ideológico não são um problema em si,ao meu ver.Tudo pode der debatido,deliberado,analisado e posta à prova,mas o meu desconforto é essa priorização de um corpo ideológico específico (no caso,as que se baseiam em princípios anarquistas),em detrimento de um espaço onde seja possível a pluralidade de ideias e o debate e construção racional e analítica das propostas que o Partido irá caminhar.Sendo assim,não vejo a necessidade da publicação desse manifesto oficialmente,senão com a intenção de promover mudanças no Programa sob um viés ideológico particular,o que julgo ser algo que não acrescentaria muito ao Partido Pirata como um todo,ou mesmo na proposta de utilizar a mentalidade Open Source na reformulação das estruturas da Democracia e seu consequente aperfeiçoamento,além de ser uma guia ou ''norte'' na busca de soluções para problemas sociais e para uma melhor estruturação da sociedade como um todo.Esse manifesto,em particular,não acrescentaria muito (ou nada) ao partido ou movimento pirata como um todo.

MC

Maurício Coeli Tue 4 Aug 2015

'Revisei' e lancei algumas sugestões lá no rascunho da ata.

B

Barney Tue 4 Aug 2015

@brunonascimento retirar, por exemplo, os pedidos de criminalização de homofobia, não é algo pequeno, nem um pouco unânime, e acrescentaria muito sim

IG

Iuri Guilherme Tue 4 Aug 2015

No pad "original" tem mais links do youtube.

G

galdino Tue 4 Aug 2015

@brunonascimento o que você tá falando não tem nada a ver com o que foi proposto. o manifesto é um grande "oi, nós existimos aqui dentro, se você compartilha dessas perspectivas, sinta-se confortável em entrar e construir o partido também". o partido não tem de afirmar nem reafirmar nada, isso não passa por aprovação de nenhuma instância do partido, a iniciativa é nossa e é voltada para pessoas de vertentes libertárias, tendo tido apoio dos coletivos do sudeste (algo que não precisava ter ocorrido para que o manifesto fosse construído eventualmente, mas que foi um gesto muito importante). aliás, é essa a relação que se espera: apoio entre os diferentes tipos políticos aqui dentro para que as coisas sejam construídas em conjunto. assim como eu respeito e tento colaborar com quem deseja dar uma contribuição em termos de política institucional, conto com a solidariedade de outras pessoas para projetos que passem por fora desse circuito. não há prioridade sendo dada a ninguém com isso.

TM

Tiago Malta Wed 5 Aug 2015

(y)

BN

Bruno Nascimento Wed 5 Aug 2015

@victorgaldino justamente esse “oi, nós existimos aqui dentro, se você compartilha dessas perspectivas, sinta-se confortável em entrar e construir o partido também” gera,como consequência,os fatores que eu mencionei no meu comentário anterior.Do que eu entendi,o Manifesto Libertário é uma maneira de fazer com que pessoas que se identificam como libertárias (ou seja,anarco-primitivistas,anarco-sindicalistas,socialistas libertários,pós-anarquismo) possam se simpatizar e se associar em maior número ao Partido Pirata,não ?
Querendo ou não,sendo intencional ou não,a consequência de fazer uma chamada à pessoas de vertentes anarquistas virem ao Partido Pirata é privilegiar que pautas oriundas desse viés,ou seus respectivos dogmas,crenças e pressupostos ganhem mais força,internamente,em relação à outros,sobretudo se levar em conta o sistema de deliberação interno do Partido Pirata.O mesmo aconteceria,por exemplo,caso se criasse um manifesto anarcocapitalista,manifesto comunista,manifesto libertarianista,manifesto wiccano,manifesto ateu,manifesto liberal,manifesto social-democrata,etc.
O ideal seria,creio eu,que as pessoas que apoiem as pautas fundamentais do Partido Pirata,que são reforma nos direitos autorais,patentes,marcas,transparência à governos e corporações e privacidade à indivíduos, possam debater,criticar e construir pautas à luz da argumentação e consistência das ideias para a busca de soluções aos diversos problemas da sociedade ou melhorar suas estruturas básicas,independente do rótulo que elas carregam para si.Temo que isso,sem ter intenção para tal,possa causar uma consequente homogenização de pensamento e pressupostos,ou fazer com que os anarquistas se tornem hegemônicos e haja um afastamento de pessoas que não se identificam ou rejeitam criticamente o anarquismo,mesmo defendendo as ditas pautas fundamentais do que originou o Partido Pirata.Acho importante analisar o Manifesto sobre essa perspectiva.

DU

[deactivated account] Wed 5 Aug 2015

(Y)

DU

[deactivated account] Wed 5 Aug 2015

@brunonascimento todos piratas são livres para se organizarem e lançarem seus manifestos.

@paulomartinsdacost como coordenador criou este espaço aqui de discussão, que é aberto para associados e não associados. Organizou juntamente com o coletivo mineiro o I Encontro Sudeste. (Único encontro regional deste porte até agora, aliás.)

Foram piratas de várias cidades, dos três estados.

Lá se organizaram e discutiram diversos temas, e um deles foi este MANIFESTO.

Se você quiser organizar piratas Anarco Capitalistas ou Comunistas ou qualquer outra coisa que você acredite estar em acordo com os princípios gerais do caráter do Partdo Pirata (no) Brasil, e lançar um manifesto de piratas ancaps, você é livre para isso.

Basta você se organizar e se identificar com outros piratas neste sentido.

Se vamos ter "correntes" dentro do partido, a questão é: elas já não existem, de forma extra oficial?

Isso não é a criação de uma corrente, é a constatação de que existem piratas libertários, associados, membros plenos e dentro do Partido Pirata.

E pergunta: você é do Partido Pirata? Este seria um passo primordial.

G

galdino Wed 5 Aug 2015

@brunonascimento não, não gera nada disso. você tá extrapolando demais as coisas, tentando colocar barreiras pra coisas simples e legítimas. e não consigo entender qual é a do medo de que mais pessoas libertárias entrem no partido.

BN

Bruno Nascimento Thu 6 Aug 2015

O medo eu já expliquei o motivo.É justamente o mesmo medo que algumas pessoas teriam de que mais pessoas libertarianistas ou anarcocapitalistas entrem no partido.Em suma,o Partido Pirata me encantou,além das pautas que o sustentam e são sua essência,da possibilidade de se construir uma maneira diferente de se debater política,mais pautada na argumentação,discussão honesta de ideias e propostas onde cada uma seria ''posta à prova'' e a prevalência daquelas que tivessem mais ''solidez argumentativa'' e que demonstrassem alcançar os melhores resultados,parecido como cientistas fazem com hipóteses científicas até que elas se tornarem teorias fortes.Em contraste com a política baseada em ''paixão ideológica'',onde o debate se transforma em meras afirmações de ideologias.Por vezes,afirmações estas que não são motivadas por reflexão embasada da pessoa,mas sim da aplicação da ''receita de bolo'' favorita dessa pessoa de forma acrítica,sem considerar,muitas vezes,as variáveis envoltas no tema debatido e ponderar as demais propostas.Não gostaria que esse potencial de mudar a maneira de se debater,fazer e ver a Política se perdesse.

BN

Bruno Nascimento Thu 6 Aug 2015

Era um ideal que eu esperaria ser cultivado pelos membros de um Partido Pirata e demais grupos políticos que tem a proposta de ''hackear a política'',como é o caso dos mexicanos do Wikipartido,os argentinos do Partido de La Red (onde o Santiago Siri veio ao Brasil no Open Knowledge) e é o que costumo ver sendo abordado pelos Pirate Parties europeus em seus veículos de comunicação.
Eu diria que um dos problemas que os Alemães tiveram poderia ter sido causado,justamente, porque esse ideal não era hegemônico entre os membros do partido,de acordo com o que consegui ler nos veículos que divulgaram esse ocorrido

B

Barney Thu 6 Aug 2015

@victorgaldino @ricardofukui @kannon tem umas informações lá que precisam de uns complementos, e vcs poderiam fazer isso melhor

G

galdino Fri 7 Aug 2015

putz, o outro pad no riseup apagou.

@iuri pode colocar aqui as contribuição de ana para o tópico de direitos das mulheres?

IG

Iuri Guilherme Fri 7 Aug 2015

Não sei se posso. Se eu puder, vai levar alguns dias talvez.

DU

[deactivated account] Sat 8 Aug 2015

Dias...

G

galdino Sat 8 Aug 2015

porra iuri

IG

Iuri Guilherme Sat 8 Aug 2015

Eu avisei que ia expirar com 30 dias sem edição.

RP

Rodrigo Pereira Sat 8 Aug 2015

Como que é? Vocês tem medo que pessoas que vocês não gostem entrem no partido?

G

galdino Mon 10 Aug 2015

este tópico é pra organização da ata. foco, por favor

B

Barney Mon 10 Aug 2015

link no youtube. Pauta discutida no dia do parque

https://www.youtube.com/watch?v=r4d24sAYj0A

B

Barney Mon 10 Aug 2015

Eleição dos coordenadores:

https://www.youtube.com/watch?v=AslOZMT5GMI

B

Barney Mon 10 Aug 2015

tem esse link que não sei se é sobre algo específico:

https://www.youtube.com/watch?v=0yw-x6C8lEg

G

galdino Mon 10 Aug 2015

eu não consigo entender o que as pessoas falam nesses vídeos. alguém consegue achar e entender a parte da reforma do tópico de direitos das mulheres pra poder preencher o pad? tenho feito algumas contribuições pontuais no pad e coloquei lá direitinho as coisas aprovadas a partir do gt de perspectivas libertárias. também completei lá o item sobre representação estadual nos grupos de trabalho, acho que não tem mais nada a acrescentar sobre isso.

G

galdino Mon 10 Aug 2015

outra coisa: o documento final é pra ser em formato de ata mesmo (vamos precisar disso por conta da coordenação, né?)? acho que podemos fazer uma ata e um relatório que seria publicado no site e outros lugares (e que pode seguir a formatação do jeito que tá agora no pad).

IG

Iuri Guilherme Mon 10 Aug 2015

Hoje eu vou pra casa e vou ver o pad onde tava isto.

IG

Iuri Guilherme Mon 10 Aug 2015

O backup mais atual que eu consegui achar está em:

https://pad.okfn.org/p/encontrosudeste

De nada. Não precisa agradecer.


Plus: o arquivo que eu exportei foi um .etherpad, então os comentários e o histórico preservaram-se.

A isto sim eu mereço agradecimentos.

G

galdino Mon 10 Aug 2015

obrigado, @iuri

B

Barney Tue 11 Aug 2015

tem uma parte lá que só o @ricardofukui vai saber responder

B

Barney Wed 26 Aug 2015

e aí galera, podemos fechar a ata assim?

IG

Iuri Guilherme Wed 26 Aug 2015

Acho bom adicionar os links de todos os vídeos das reuniões lá.

B

Barney Wed 26 Aug 2015

VERSÃO FINAL!!!!

B

Barney started a proposal Wed 26 Aug 2015

Ata do Encontro Sudeste Closed Tue 1 Sep 2015

Outcome
by galdino Mon 15 May 2017

Aprovada a ata sudeste!!!!

Considerando que já houve tempo suficiente e adequado para a edição por membros do Partido do pad da Ata do Encontro;

Considerando que há a necessidade de oficializarmoso que foi discutido e votado;

Passemos a votação da versão final da ata, encontrada no PDF presente nos comentários:

CONCORDAR - Esta será a ata do Encontro;

DISCORDAR - A ata precisa de mudanças;

ABSTER - Não tenho capacidade para saber se concordo ou discordo dessa ata;

BLOQUEAR - Sou ideologicamente contra essa ata;

Agree - 11
Abstain - 11
Disagree - 11
Block - 11
16 people have voted (12%)
B

Barney
Agree
Wed 26 Aug 2015

ficou boa

G

galdino
Agree
Wed 26 Aug 2015

G

galdino
Agree
Wed 26 Aug 2015

este documento não serve para cartórios. só queria registrar aqui para que não esqueçamos de formatar outro documento para eventuais necessidades cartoriais. como relatoria para ser publicada e registrada num formato mais amigável, tá beleza.

DK

Danilo Kobold
Abstain
Wed 26 Aug 2015

Não me encontrava aqui.

DU

[deactivated account]
Agree
Wed 26 Aug 2015

lindo

IG

Iuri Guilherme
Agree
Wed 26 Aug 2015

To botando a biblioteca no ar de novo só por causa disto.

Quer que eu converta pra html e faça uns piratinhas em CCS3?

BJ

Bernardo Jezah
Agree
Wed 26 Aug 2015

MC

Maurício Coeli
Agree
Thu 27 Aug 2015

LH

Leonardo Herkenhoff
Abstain
Thu 27 Aug 2015

RP

Rodrigo Pereira
Abstain
Thu 27 Aug 2015

Não participei da reunião.

DF

Danilo Fujise
Agree
Thu 27 Aug 2015

thumbs up

DU

[deactivated account]
Agree
Fri 28 Aug 2015

MBM

Michele Bittencourt Martins
Abstain
Fri 28 Aug 2015

Não participei.

PF

Paulo Fanti
Agree
Mon 31 Aug 2015

THK

Tatiana H. Kawamoto
Abstain
Mon 31 Aug 2015

RR

Renato Rack
Agree
Tue 1 Sep 2015

o/

RRV

Renan Ribeiro Vilela
Agree
Tue 1 Sep 2015

B

Barney Wed 26 Aug 2015

@mauricioocoeli @danilofujise @lucarmo @hugosouzaalmeida @iuri @kannon @victorgaldino @amaurialveswensko @bernardojezah @anafreitas @ricardofukui @renatorack

G

galdino Wed 26 Aug 2015

@paulomartinsdacost e demais: esse documento aí em .pdf não serve de ata para processos cartoriais. você já deve saber disso, mas só queria registrar aqui para que não esqueçamos de formatar outro documento para eventuais necessidades que envolvam cartórios. mas como relatoria para ser publicada e registrada num formato mais amigável, tá beleza.

B

Barney Wed 26 Aug 2015

depois é só tirar os parágrafos, e colocar como um texto contínuo que fica de boa @victorgaldino :p

G

galdino Wed 26 Aug 2015

@paulomartinsdacost isso e alguns outros detalhes pequenos, como indicar que a lista de presença se encontra em anexo, indicar quem exerceu as funções de presidência da assembleia e secretaria (na linguagem dos cartórios), botar assinatura dessas duas pessoas no documento físico e nos documentos anexos. não sei se tem mais. mas isso tudo é bem rápido de fazer tendo as pessoas que assinam os documentos por perto.

B

Barney Wed 2 Sep 2015

Aprovada a ata sudeste!!!!

G

galdino Wed 2 Sep 2015

vou preparar a versão formatada segundo a burocracia insana do estado, coloco aqui em breve.

DU

[deactivated account] Sun 14 Feb 2016

@victorgaldino vai?

G

galdino Sun 14 Feb 2016

aparentemente não rsrs :(