Loomio

Contato UBER

LS
Leonardo Sampaio Public Seen by 81

Como podemos responder a este e-mail?

Prezados,

boa tarde. Me chamo Daniel Mangabeira e sou o Diretor de Public Policy da Uber no Brasil.

Gostaria muito de tentar conversar com vocês mais detidamente. Temos algumas bandeiras em comum - na carta de diretrizes há, em particular, um item que reflete com exatidão o que somos, quando vocês defendem “o acesso das pessoas às cidades, com soluções construídas de forma colaborativa, que privilegiem o bem-estar coletivo”.

Estou baseado em São Paulo, mas em Brasília pelos próximos dois dias. Se lhes interessar conversar, já me coloco à disposição para uma conversa o quanto antes, em qualquer dessas duas cidades.

Um abraço,

Daniel

X X X

Atualização 1

Este foi o e-mail que Leonardo Sampaio enviou como resposta pessoal, propondo trazer o debate para o partido para posteriormente retornar com a resposta oficial :

"De Leonardo Sampaio

30 de julho de 2015

para dmangabeira, mim, Piratas, SecretariaGeral

Olá Daniel,

Primeiramente, obrigado pelo contato, que considero de grande importância.

Sem dúvidas é uma bandeira que levantamos, em vários trechos de nosso programa, inclusive em nossas cláusulas pétreas; Já até citamos o UBER em divulgação de ideais e filosofias do Partido Pirata.
Com certeza é um diálogo muito interessante para nós, e espero podermos corresponder de acordo.
Não sei ainda como podemos dialogar melhor mas estou aberto a sugestões. Inicialmente, seria interessante entrar em contato com a coordenação do Sudeste (copiada neste e-mail) que poderá repassar ao diretório paulista para manterem um contato mais próximo.
Publiquei cópia deste seu e-mail nos meios oficiais de discussão do Partido Pirata, para que mais piratas possam se mobilizar para opinar a respeito e dar sugestões.
Você possui ideia de ações que podemos desenvolver em conjunto?

Um abraço

Leonardo Magno Sampaio
Diretório Paranaense
[telefone de celular tim]"

X X X

Atualização 2

REDAÇÃO DE E-MAIL PARA SER ENVIADO EM NOME DO PARTIDO PIRATA (e negando a resposta anterior)

(sugestão do Wilson Cardoso que não teve nenhuma objeção por parte de ninguém)

https://pad.okfn.org/p/UBEREUTEAMO

ATUALIZAÇÃO 3

Este foi o e-mail enviado para o Uber

Caro Daniel Mangabeira,
Através de nossas redes sociais temos tentado promover esse debate em andamento entre táxis, Uber e questões de mobilidade.

Acreditamos na livre gestão e organização da sociedade, posicionando-nos contra qualquer tipo de monopólio. Assim, somos contra movimentos legais visando a proibição de novas iniciativas, em favor do corporativismo e em detrimento da liberdade de escolha das pessoas.

Vemos como positivo o debate em torno da regularização do Uber, cujo questionamento das estruturas atuais de serviços de transporte pode dar abertura a novas visões de mobilidade urbana, incluindo iniciativas populares e economia de compartilhamento, que defendemos.

Isso não significa, porém, que concordamos com o modelo de negócios praticado pelo Uber.

Salientamos, finalmente, que para os piratas não se fala em "desenvolvimento de soluções colaborativas" trabalhando em código fechado, sem possibilidade de estudo, modificação e aprimoramento pelos usuários.

Não temos interesse em estabelecer uma parceria institucional com o Uber, mas caso queira conversar conosco para aprofundar o debate e nos conhecer melhor, pode entrar em contato com o pessoal do Partido Pirata em São Paulo através do email saopaulo@partidopirata.org

Atenciosamente,
Comunicação / Partido Pirata - Brasil

G

galdino Fri 31 Jul 2015

manda ele se foder e pronto. diretor de uma empresa dessas com papinho de conversar mais detidamente só dá pra responder assim mesmo.

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

@marcosaureliosilva

LS

Leonardo Sampaio Fri 31 Jul 2015

@victorgaldino, eu já vi divulgação do partido pirata usando o nome da Uber pra exemplificar que os tempos mudaram e as pessoas podem se organizar para quebrar monopólios...

G

galdino Fri 31 Jul 2015

então, por isso tem de mandar se foder logo, antes que alguém aqui vá conversar e terminemos com logo da empresa em nosso site e camisetas.

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

Nome da Uber, ou "DEBATE PUBLICO".

Economia do compartilhamento substituirá o capitalismo, diz livro
http://partidopirata.org/economia-do-compartilhamento-substituira-o-capitalismo-diz-livro/

G

galdino Fri 31 Jul 2015

o texto que eu ajudei a editar não citava o nome da empresa propositalmente: http://partidopirata.org/taxistas-protestam-e-aplicativo-se-torna-um-dos-mais-baixados-no-brasil/

não sei se foi só isso que saiu na página nacional de facebook sobre o assunto.

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

Saiu na fã page nacional do Partido Pirata compartilhamento do ESTADÃO um artigo de opinião.

Eu achei curioso o contato, @victorgaldino

Ele quer conversar mais "detidamente" e está "baseado" em São Paulo.

Seria ele de Portugal?

Eu acho que poderíamos lançar ou buscar outros iniciativas de carona e promove-las em um debate anti-Uber.

LS

Leonardo Sampaio Fri 31 Jul 2015

Antes de mais nada, por favor me expliquem o porquê dessa revolta com o Uber. Achei que fosse um tipo de iniciativa defendida pelo Partido Pirata.
Não se falou até agora em patrocínio ou doação, de forma alguma. Muito menos se falou em ajudar a conseguir privilégios. Só foi comentada a afinidade nos ideais. Nem sabemos o que eles têm em mente.

LS

Leonardo Sampaio Fri 31 Jul 2015

Saiu mais coisa além disso, Galdino. Um banner que falava algo tipo "a maior empresa de taxi do mundo não tem um só veículo; a maior loja do mundo não tem nem um produto em estoque; o mundo tem que se adequar a uma nova realidade"

G

galdino Fri 31 Jul 2015

que ideais, cara. é uma empresa que quer... advinha só... dinheiro! a marca tava avaliada por investidores em torno de 18 bilhões de dólares no meio do ano passado. já recebeu milhões e milhões de dólares de investidores como goldman sachs. torra rios de grana em lobby pra pressionar parlamentos a limparem o caminho da empresa em direção a mais grana.

o partido pirata não defende oficialmente iniciativa alguma tirando as que estão expressas no programa. se você conseguir achar algo parecido com uma defesa de empresas bilionárias desse tipo em nosso programa, avisa aí pra gente poder corrigir isso em próxima anapirata.

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

só sei do pirate bay, lucra com anuncios de pornografia? :P

G

galdino Fri 31 Jul 2015

o que o partido pirata poderia defender seria o uso de um potencial "desperdiçado" (espaço em carros já em circulação por exemplo) de forma colaborativa e autônoma, sem intermediários e de forma a diminuir o impacto de carros no espaço urbano (em vez de três pessoas saírem de um bairro pra outro em carros diferentes, saem no mesmo). mas ainda assim o programa é claro sobre o tipo de modelo de deslocamento que priorizamos.

FD

Fernando Delabio Fri 31 Jul 2015

Não sei qual é a dessa tal uber (exceto, obviamente ganhar dinheiro), mas talvez fosse legal uma galera se reunir com esse cara em algum espaço público - algum parque ou espaço do gênero -, nada de conversinha em gabinete ou sala de diretoria, com alguém filmando e falar p/ ele as diferenças entre o nosso entendimento de “o acesso das pessoas às cidades, com soluções construídas de forma colaborativa, que privilegiem o bem-estar coletivo” e o que a empresa para a qual ele trabalha propõe. Provavelmente não seria algo extremamente relevante para nós, mas com certeza seria engraçado. xD

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

Opa, vamos abrir outra decisão de trollagem, melhor que CUnha

G

galdino Fri 31 Jul 2015

acho que tá rolando confusão entre ser contra a proibição do uber (o coletivo paulista inclusive se manifestou sobre isso) e defender "ideais do uber" ou sei lá o que tem pra defender

LS

Leonardo Sampaio Fri 31 Jul 2015

Bom, lobby a gente não faz, mas o nosso direcionamento beneficia por natureza empresas como a Uber, então a gente não precisa fazer nada a mais pra eles, só ouvir se da parte deles tem algo que possam fazer pra nos ajudar... Não quero julgar pelo tamanho da empresa, mas sim pelas suas ações. Isso de fazer lobby é grave, se eles compram políticos nós não devemos nos associar a eles de forma alguma. @victorgaldino Possui mais detalhes pra compartilhar?

FD

Fernando Delabio Fri 31 Jul 2015

@leonardosampaio nosso direcionamento não beneficia empresas como a uber, dizer isso é o mesmo que dizer que nosso direcionamento beneficia a microsoft porque defendemos a inclusão digital. Defendemos ideias que algumas empresas se apropriam para ir contra o que defendemos no que diz respeito à economia e outros assuntos.

WC

Wil Cavalcanti Fri 31 Jul 2015

Eh como eu sempre digo, como Partido nós não podemos nos negar a conversar com ninguém, mas fazer o que a empresa deseja eh outra historia. Acho que a gente não precisa se queimar apoiando o Uber de forma explicita.

Como o Galdino falou, o coletivo de sâo paulo se posicionou contra a proibicao do Uber, mas dizer que a gente apoia a empresa ou o aplicativo é outra história completamente diversa. Ate porque o modus operandi deles passa longe da economia colaborativa.

Obviamente ele deve estar querendo ver se rola um suporte mais forte da nossa parte. Ou seja, esse diretor de public policy eh obviamente um lobista mesmo. Mas dizer que a gente tem que mandar ele se fuder e pronto eu ja nao concordo.

Acho que vale a pena se encontrar com o cara pela experiencia de saber como esse tipo de pessoa opera. Afinal, como futuro partido politico a gente uma hora vai ter que lidar com esse tipo de pessoa o tempo todo. Se voces quiserem eu posso encontrar com o cara em sao paulo junto com a Ana e ou o Fukui e ver quale desse cara e que tipo de coisa ele ta querendo e ou prometendo.

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

UBER X TAXIS
Por Renato Jannuzzi Cecchettini

A picture of social revolutions | Augusto de Franco | TEDxLiberdade
https://www.youtube.com/watch?v=FZ7T4FLNFyQ

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

"Manda se foder logo e pronto"
Erm, certeza que estamos montando um partido político?

Quando for mesmo um partido, vamos ter de ir a reuniões do governo, da oposição, de projetos que defendemos, de projetos que não defendemos, receber pessoas, receber ativistas, receber sindicatos, receber corporações, por aí vai. Política envolve entender as demandas de diferentes grupos e tentar propor o que achamos mais certo e mais benéfico.

Não defendendo o Uber, apenas apontando que abertura para diálogo é algo que tem de existir, ou não é política. Tem de tomar cuidado com esse tipo de pensamento porque quanto mais longe formos, mais frequente isso vai ficar. Imagina um pirata prefeito: não dá pra se isolar só entre piratas e ativistas de raiz. Enfim.

MAS

Marcos Aurélio Silva de Souza Fri 31 Jul 2015

@anafreitas @ricardofukui e @wilsonlira apoio a idéia que vocês possam se encontrar e ver qual é a deles. Já me encontrei em Recife até com lobbista do PSDB oferecendo pagar os 20 mil da publicação e facilitar a nossa institucionalização, que educadamente disse um "não" ao dizer que o cara teria que refazer a oferta publicamente a todo coletivo nacional. Se encontra com esse pessoal não vai desvirtuar nossos ideais, nossa resposta a eles é que podem sim, @victorgaldino, e aí sua preocupação é bem válida.

MAS

Marcos Aurélio Silva de Souza Fri 31 Jul 2015

Agora a gente tem que começar a parte pra ações práticas do que defendemos no programa. Eu pessoalmente vejo os hackspaces como o tipo de iniciativa que pode fazer projetos anti-Uber: aplicativos gratuitos pra carona, oferta de serviços de táxi e por aí vai.

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

Não vejo sentido (oficialmente) em falar com lobbystas, "ta no estatuto".

Se fosse assim , a gente nao fazia o IUF,.iria no IGF cpm o Google e o Facebook...

KBP

Kristian Brito Pasini Fri 31 Jul 2015

Bom, o cara quer fazer lobby, naturalmente. Senta, conversa, mas na minha opinião a posição é clara:

Não apoiamos ou temos interesse em manter qualquer parceria institucional com a empresa Uber.

Uma coisa é disputar politicamente o espaço que a empresa Uber hoje preencheu e amanhã pode atacar práticas da própria Uber. Outra é apoiar a empresa em si.

G

galdino Fri 31 Jul 2015

cês pensam tudo ao contrário. não somos obrigado/as a conversar com ninguém só porque a pessoa pede. vou passar uma pilha de mensagens que o gtc recebeu com todo tipo de proposta de conversa loca pra vocês irem falar com todo mundo. o wilson deu uma ideia mais interessante do que conversar porque somos bons mocinhos e tem de conversar por conversar porque sim.

@anafreitas cê acha que ninguém manda ninguém se foder na política partidária? eu hein

e óbvio que teremos de fazer um monte de coisa desagradável. partido pirata não é a única entidade política da qual faço parte, muito menos a única que tem isso de fazer reuniões com toda a sorte de pessoas politicamente desagradáveis (ou só desagradáveis em geral rs). o ponto é que podemos selecionar sim.

enfim, se essas obrigações são futuras, então podemos xingar o rapaz do uber sem problemas. se a questão for a coerência temporal, então podemos xingar o rapaz do uber sem problemas. por que diabos um parlamentar do partido pirata iria perder tempo sentando com lobbystas da uber? o mínimo que eu espero (no futuro) é uma recusa clara e forte de conversa (tudo bem, não precisa xingar).

sim, temos de receber ativistas, sindicatos, coletivos, associações, indígenas, camelôs, prostitutas, estudantes. receber demandas, construir coisas em conjunto etc. lobistas de empresas como uber? não, não temos não. quero saber em que tábua de mandamento tá escrito que temos de fazer isso. eu não to no grupo aqui dentro que acredita que isso é uma verdade da política. eu não acredito nessas verdades da política. eu não acredito na necessidade imputada ao modo como as coisas estão. eu não acredito em "diálogo com todo mundo" como algo democrático, nem na democracia representativa que coloca empresa predadora bilionária e ativistas no mesmo patamar e trata as duas coisas de forma igual. esse raciocínio de que "ah, mas isso é purismo, se isolar etc" não cola comigo. aliás, esse isolamento purista é não se abrir pra nada que fuja da tua ideologia particular, coisa que por si só é impossível pro partido pirata, dada a bagunça ideológica que é isto aqui.

dito isso, eu não sou contra ouvir o que esse mané aí tem a dizer. o marcos aurélio disse justamente o modo ideal de proceder pra gente, coisa que já fiz também com um rapaz que queria insistir numa conversa particular com um "representante do partido" sobre um acordo entre partido pirata e o partido dele (não lembro qual era): manda o cara dizer logo o que ele quer e avisa que o coletivo nacional tá lendo e que é assim que se faz aqui. assim que se bloqueia a conversinha mole dessa gente.

KBP

Kristian Brito Pasini Fri 31 Jul 2015

A falta de locais físicos permanentes e de ambientes virtuais mais receptivos a não associados complica também.

Não tem porque ser uma coisa do tipo, agendar uma reunião de um representante eleito com o cara a porta fechadas.

O certo é o cara ir até um lugar onde estejamos sempre, se apresente e explique o que quer, sem ar de "encontro oficial", de "saimos de nossa rotina especialmente para atender ao Uber".

Mas não temos bem esses espaços. 30% da vida do partido hoje está em chat de facebook, outra porção aqui no loomio.

KBP

Kristian Brito Pasini Fri 31 Jul 2015

Sugiro produzirmos o texto "Não é o Uber, é a Economia Compartilhada, estúpido!"

E no texto deixarmos claro que não temos interesse institucional de sustentar ou apoiar a empresa Uber de qualquer forma. Que não somos permeáveis ao lobby da empresa Uber, mas que defendemos a Economia Compartilhada nesse espaço de debate político onde hoje o negócio Uber se encontra.

Declarar que o Partido Pirata é defensor do empoderamento do trabalhador, inclusive com sindicatos autônomos e verdadeiraente representativos, em substituição ao monossindicalismo monopolista que hoje temos no Estado brasileiro.

Declarar que não podemos negar o debate e construção de uma sociedade mais criativa e inclusiva pela incapacidade da velha esquerda de construir uma sociedade em rede. E declarar que a Economia do Compartilhamento há de, inclusive, com outras idéias que ainda estão por vir, colocar em cheque a própria empresa Uber, que hoje enfrenta o corporativismo dos taxistas, mas amanhã poderá ser vetor de outra forma de corporativismo, tão problemática quanto.

D

DanPrazeres Fri 31 Jul 2015

"Diretor de Public Policy da Uber no Brasil" - Eu hein. Tenho curiosidade de participar desses encontros so para ver os caôs que mandam.

Pseudo-off-topic (pra ver como os cara são carne de pescoço): Aqui no DF as licenças de táxi são de 76 ou 79 (agora com a polêmica de quase proibição do Uber aumentou um pouco). Fizeram um cadastramento, e cerca de 98% dos taxistas não estavam registrados.
Qual a principal pauta da associação de taxistas agora? Que todos os taxistas possam participar do Uber, como acontece em outras modalidades.
Ai ninguém é regulamentado, e fica els por els. Não sei de quem partiu a ideia, mas ctz que vão fazer isso e o resto das pessoas vão se lascar.

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

Estamos defendendo publicamente o uber demais. Mas devemos conversar com o cara. Conversar não é uma aceitação tácita de lobby.

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

Opa.

Em 30 de julho de 2015 23:45, Leonardo Sampaio (Loomio) escreveu:

Leonardo Sampaio iniciou uma discussão em Partido Pirata do Brasil / Pirate Party of Brazil:

Contato UBER ( https://www.loomio.org/d/VOtPsE6F/contato-uber?utm_campaign=thread_mailer&utm_medium=email&utm_source=new_discussion )

Como podemos responder a este e-mail?

Prezados,

boa tarde. Me chamo Daniel Mangabeira e sou o Diretor de Public Policy da Uber no Brasil.

Gostaria muito de tentar conversar com vocês mais detidamente. Temos algumas bandeiras em comum - na carta de diretrizes há, em particular, um item que reflete com exatidão o que somos, quando vocês defendem “o acesso das pessoas às cidades, com soluções construídas de forma colaborativa, que privilegiem o bem-estar coletivo”.

Estou baseado em São Paulo, mas em Brasília pelos próximos dois dias. Se lhes interessar conversar, já me coloco à disposição para uma conversa o quanto antes, em qualquer dessas duas cidades.

Um abraço,

Daniel

Responda a este e-mail diretamente ou veja em www.loomio.org ( https://www.loomio.org/d/VOtPsE6F/contato-uber?utm_campaign=thread_mailer&utm_medium=email&utm_source=new_discussion )..

Ligar e-mails nesta discussão ( https://www.loomio.org/email_actions/follow_discussion/105340/95vf36qFDFL43CsuFgsc ) para receber atividades.

Modifique suas preferências de e-mail ( https://www.loomio.org/email_preferences?unsubscribe_token=95vf36qFDFL43CsuFgsc&utm_campaign=thread_mailer&utm_medium=email&utm_source=new_discussion ) para cancelar subscrições destes e-mails.

FD

Fernando Delabio Fri 31 Jul 2015

Eu acho que temos que conversar com toda sorte de gente em locais públicos ou espaço coletivo dos piratas, sempre com tudo muito bem documentado e conversando polidamente, mas, obviamente, serão conversas diferentes com pessoas que se identificam com as causas do partido e com pessoas que se identificam com uma única causa isolada e que, ao fim e ao cabo, conflitam com as demais causas (em outras palavras lobbystas). Se fizermos isso e mantermos públicas estas documentações, pensarão 2 vezes antes de procurar o PIRATAS para propostas indecorosas, sem contar o ganho político que podemos ter com esse tipo de atitude.

MAS

Marcos Aurélio Silva de Souza Fri 31 Jul 2015

@victorgaldino acho que o @kristianbritopasin deu os caminhos das pedras nesse caso né?

MAS

Marcos Aurélio Silva de Souza Fri 31 Jul 2015

@victorgaldino , @kristianbritopasin , @maxarcano33, @wilsonlira e demais, acho que a sugestão de construir esse texto vai ajudar a deixar bem claro as coisas, como propôs Pasini:"Não é o Uber, é a Economia Compartilhada, estúpido!”

WC

Wil Cavalcanti Fri 31 Jul 2015

Olha, sem querer extender mais o debate eu proponho que respondamos assim:

Olá Beltrano, boa tarde

Obrigado pelo contato. Como você já deve estar ciente pelas postagens em nossas redes sociais, nós estamos participando e promovendo esse debate entre Uber x Taxistas atualmente em andamento. Isso porque, como parte dos princípios centrais do partido somos contra qualquer tipo de monopólio, seja ele estatal ou privado, acreditando na livre gestão e organização da sociedade.

O nosso posicionamento portanto é contra os atuais projetos de lei que buscam a proibição de novas iniciativas, pois acreditamos que as pessoas acima de tudo é quem devem ter a liberdade de escolha e auto-determinação.

Isso, no entanto, não implica que concordemos com o modelo de negócio atualmente praticado pelo UBER, que vemos como bastante oneroso devido aos altos percentuais cobrados para seus prestadores de serviço e a ausência geral de direitos trabalhistas para os mesmos, algo bastante preocupante.

Ainda assim, enxergamos o atual debate sobre a regularização do UBER como positivo, pois a abertura desse tipo de prática pode permitir o desenvolvimento de outras iniciativas mais condizentes com a chamada Economia do Compartilhamento defendida pelo partido como aplicativos de carona e propostas de transporte popular, que são atualmente vistos como irregulares com base em uma justificativa semelhante de monopólio de transporte seja pelo Estado ou pelos taxistas.

Portanto, deixamos claro desde já que não desejamos ter nenhum tipo de parceria institucional com o UBER, mas caso vocês ainda deseja conversar para aprofundar o debate e nos conhecer pode contactar o pessoal do partido pirata de são paulo por meio do email saopaulo@partidopirata.org

atenciosamente,

Assinatura seilacomovocesassinam

E é isso, mandamos o cara catar abobrinha mas de forma cortes. Se quiser a gente pode abrir um pad e alterar algum ponto ou outro, mas acho que isso nem eh algo pra gente perder muito tempo debatendo porque o cara claramente escreveu esse email ai de contato em menos de 5 min junto com um monte de outros grupos que ele deve ter contactado no meio do caminho

PF

Paulo Fanti Fri 31 Jul 2015

Todos nos somos integrantes de um partido Politico tentando sua imersao no cenario da politica brasileira. A palavra "NAO" no seu sentido literal, deve ser evitada e subistituida por um "SIM" abstrato em seu sentido amplo. Acredito que isso nao va matar ninguem ... somente uma pseudo amiga chamada "CURIOSIDADE" ... Levantem sua CORES !!! Vamos NAVEGAR !!! AHOY !!!!

RF

Ricardo Fukui Fri 31 Jul 2015

concordo com o Wilson.

Esse mundo vai acabar, tem alguns dias que eu nao discordo dele.

RF

Ricardo Fukui Fri 31 Jul 2015

concordo com o Wilson.

Esse mundo vai acabar, tem alguns dias que eu nao discordo dele.

MAS

Marcos Aurélio Silva de Souza Fri 31 Jul 2015

Concordo com a proposta do @wilsonlira

LS

Leonardo Sampaio Fri 31 Jul 2015

O IUF aceita patrocínio de empresas? Não estou falando do Partido, mas do evento isoladamente.

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

Aceitamos da umbrella corporation

G

galdino Fri 31 Jul 2015

eu mudaria algumas palavras e aumentaria o terceiro parágrafo, mas não me oponho ao que está escrito em geral. eu só discordo do final, acho que teria de ser algo tipo "caso vocês ainda ...... pode falar por aqui mesmo que sua mensagem será repassada para todo o coletivo nacional"

G

galdino Fri 31 Jul 2015

claro, se a opção ideal que é mandar se foder não tocar o coração dos bons mocinhos do partido em tempo :p

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

Acho interessante a fala que não temos um canal de conversa permanente com o publico externo, seja presencial, seja virtual

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

Se nao tivesse email e inbox. E ele mandasse essa msg publica la no "discourse". ia ser xingado por uns 10 dias

MAS

Marcos Aurélio Silva de Souza Fri 31 Jul 2015

Pois é, @victorgaldino pra ter a logomarca do Uber no partido, precisa ter consulta a todos os associados e também pública viu? Pra os interessados por favor leiam a porra do estatuto, no artigo 37.

LS

Leonardo Sampaio Fri 31 Jul 2015

Temos um local de diálogo externo, chama-se "consulta pública" no nosso estatuto, e está implementado hoje no loomio como "Espaço Pirata". Pensei em criar logo lá um tópico para debate com o Uber. Na pior das hipóteses, iria aumentar o uso do Espaço Pirata.

IG

Iuri Guilherme Fri 31 Jul 2015

@leonardosampaio a melhor decisão que tu tomou foi criar um tópico fechado no grupo restrito para associados para resolver este assunto.

WC

Wil Cavalcanti Fri 31 Jul 2015

eu procurei sobre consulta pública no Estatuto e eu só encontrei esse paragrafo II no artigo 37

II – A consulta pública, realizando preferencialmente reunião presencial e virtual com todas as pessoas interessadas, em especial filiadas ao PIRATAS, ressalvadas urgência e inviabilidades técnicas;

E ela apenas se refere aos orgãos de admnistração do Partido. E consulta pública é algo diferente de diálogo externo, que é algo completamente diferente de diálogo público.

Imaginar que todas os diálogos que uma entidade fizer com o partido terem que ser feitas de formas aberta com todos os membros parece pra mim algo totalmente contra-producente e parece algo mais parecido com um reality show.

Voce pode totalmente ter um dialogo entre representantes dos dois lados e depois efetuar uma consulta ou decisão pública referendando algo que foi acordado entre as partes.

Não que isso importe nesse caso, pois não queremos manter uma relação institucional com o UBER queremos? Eu pelo menos acho que botar um logo do UBER no IUF so ia queimar nosso filme institucionalmente e politicamente falando.

RF

Ricardo Fukui Fri 31 Jul 2015

wilson nao gosta de novas formas de mandar se foder...

FD

Fernando Delabio Fri 31 Jul 2015

@wilsonlira eu não acho que todos os diálogos serem feitos de forma aberta seja contraproducente, eu acho que é muito coerente com o que propomos. Não precisam todos estarem presentes em reunião presencial ou virtual, podemos ter representantes nossos - pessoas que tenham o dom de respirar fundo e não mandar se fuder - conversando com representantes até de outros planetas, desde que seja tudo documentado, preferencialmente em vídeo, mas só o áudio também é válido. Transparência institucional, privacidade pessoal. Veremos quem tem coragem de fazer propostas indecorosas sabendo que tudo está sendo gravado e será tornado público pelos meios oficiais dos PIRATAS, se quem estiver representando a outra parte não aceitar a transparência, não nos interessa o diálogo entre instituições.

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

O pirata alemão brasileiro fabricio gravou entrevista na integra com a globo.

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

Maneiro. O indivíduo quer conversar, sabe-se lá sobre o que, e nós pensamos em mandá-lo se foder.

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

Ele tem tuite. É possivel mandar se fuder la.

RF

Ricardo Fukui Fri 31 Jul 2015

nao acho que seja tao errado mandar ele se foder, mas vamos ouvir primeiro, pra depois mandar as merda.

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

Vou mandar o Telegrafico se foder. Aliás, já estou mandando.

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

Proponho um tuitaço #rebu #uber

"Festa, rebu, rebuliço... crime. O rebu. A vida de cada um. A culpa de todos!"

O Rebu, cuja palavra "rebu", que na novela pode significar "rebuliço", "confusão", era uma referência à expressão criada por
Ibrahim Sued em sua famosa coluna social na época, para designar "festa", um diminutivo para o
palavrão "rebuceteio", ou um aglomerado de mulheres bonitas. [3]

FD

Fernando Delabio Fri 31 Jul 2015

Um sujeito que quer conversar e vem se insinuando a respeito de uma única pauta do partido que o interessa de modo com que ele possa fuder com as demais pautas do partido, não vejo de forma tão negativa mandá-lo se fuder, mas ainda sustento a proposta de aceitar o convite para conversar em local público e com registro de vídeo/áudio para explicá-lo que não nascemos ontem, pois é mais divertido - ver a cara de tacho do maluco não tem preço - e tem boa chance de se converter em bônus político.

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

Acho engraçado vcs acharem que são mais espertos que o uber. Os caras fizeram os taxistas de trouxas e campanha #lover de app mais baixado do brasil

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

Nossa, que medo do Uber man. O cara deve ser tipo um bandido ou mafioso. Talvez ele seja um escroque proxenetas inimigo dos Piratas. Vamos todos ao encontro desse sujeitinho com espadas e adagas em mãos!! Morte ao Uberman!!!

FD

Fernando Delabio Fri 31 Jul 2015

@amaurialveswensko apaga as coisas do email quando responder, fica mais limpa a mensagem.

RF

Ricardo Fukui Fri 31 Jul 2015

proxeneta, adorei <3

WC

Wil Cavalcanti Fri 31 Jul 2015

uma coisa é gravar uma entrevista. Eu tambem gravaria uma entrevista com um reporter com medo dele distorcer todo o seu conteudo como ja aconteceu varias vezes na imprensa. Mas a ideia de gravar qualquer tipo de conversa me lembra a historia do cacique juruna, que gravava as entrevistas com o homem branco pra ter garantia que não seria enganado depois (spoilers, isso não deu certo pra ele no final)

Eu não disse que acho contra-producente fazer um contato de forma aberta, o que eu disse é que acho contra-producente fazer todas as partes de cada um dos lados conversarem. Quando tem so 2 ou 3 blz, mas imaginar que duas torcidas organizadas conseguem se encontrar pra conversar nao funciona na minha cabebca. Exatamente porque em algum momento alguem de uma das torcidas vai gritar um "vai se foder"

E se a gente gravar a conversa OBVIAMENTE o cara não vai propor nada bizarro, o que eu quero é exatamente encontra-lo pra ver que tipo de coisa ele pode deixar implicito em privado. E nem acho que ele va realmente fazer isso.

E eu não acho que sou mais esperto que o pessoal do Uber, só obviamente mais pobre e com menos recursos

IG

Iuri Guilherme Fri 31 Jul 2015

Vários no tópico já propuseram formas diferentes de mandar a Uber se fuder. Vou exemplificar porque tem gente que tem dificuldade pra abstrair a dialética:

o partido pirata não defende oficialmente iniciativa alguma tirando as que estão expressas no programa. se você conseguir achar algo parecido com uma defesa de empresas bilionárias desse tipo em nosso programa, avisa aí pra gente poder corrigir isso em próxima anapirata.
- @victorgaldino


talvez fosse legal uma galera se reunir com esse cara em algum espaço público - algum parque ou espaço do gênero -, nada de conversinha em gabinete ou sala de diretoria, com alguém filmando e falar p/ ele as diferenças entre o nosso entendimento de “o acesso das pessoas às cidades, com soluções construídas de forma colaborativa, que privilegiem o bem-estar coletivo” e o que a empresa para a qual ele trabalha propõe.
- @fernandodelabio


Isso de fazer lobby é grave, se eles compram políticos nós não devemos nos associar a eles de forma alguma.
- @leonardosampaio


Já me encontrei em Recife até com lobbista do PSDB oferecendo pagar os 20 mil da publicação e facilitar a nossa institucionalização, que educadamente disse um “não” ao dizer que o cara teria que refazer a oferta publicamente a todo coletivo nacional.
- @marcosaureliosilva


Agora a gente tem que começar a parte pra ações práticas do que defendemos no programa. Eu pessoalmente vejo os hackspaces como o tipo de iniciativa que pode fazer projetos anti-Uber: aplicativos gratuitos pra carona, oferta de serviços de táxi e por aí vai.
- @marcosaureliosilva


Não vejo sentido (oficialmente) em falar com lobbystas, “ta no estatuto”.
- @telegrafico


Não apoiamos ou temos interesse em manter qualquer parceria institucional com a empresa Uber.
- @kristianbritopasin


por que diabos um parlamentar do partido pirata iria perder tempo sentando com lobbystas da uber? o mínimo que eu espero (no futuro) é uma recusa clara e forte de conversa (tudo bem, não precisa xingar).
- @victorgaldino


sim, temos de receber ativistas, sindicatos, coletivos, associações, indígenas, camelôs, prostitutas, estudantes. receber demandas, construir coisas em conjunto etc. lobistas de empresas como uber? não, não temos não. quero saber em que tábua de mandamento tá escrito que temos de fazer isso.
- @victorgaldino


eu não acredito em “diálogo com todo mundo” como algo democrático, nem na democracia representativa que coloca empresa predadora bilionária e ativistas no mesmo patamar e trata as duas coisas de forma igual.
- @victorgaldino


dito isso, eu não sou contra ouvir o que esse mané aí tem a dizer. o marcos aurélio disse justamente o modo ideal de proceder pra gente, coisa que já fiz também com um rapaz que queria insistir numa conversa particular com um “representante do partido” sobre um acordo entre partido pirata e o partido dele (não lembro qual era): manda o cara dizer logo o que ele quer e avisa que o coletivo nacional tá lendo e que é assim que se faz aqui. assim que se bloqueia a conversinha mole dessa gente.
- @victorgaldino


Sugiro produzirmos o texto “Não é o Uber, é a Economia Compartilhada, estúpido!”
E no texto deixarmos claro que não temos interesse institucional de sustentar ou apoiar a empresa Uber de qualquer forma. Que não somos permeáveis ao lobby da empresa Uber, mas que defendemos a Economia Compartilhada nesse espaço de debate político onde hoje o negócio Uber se encontra.
Declarar que o Partido Pirata é defensor do empoderamento do trabalhador, inclusive com sindicatos autônomos e verdadeiraente representativos, em substituição ao monossindicalismo monopolista que hoje temos no Estado brasileiro.
Declarar que não podemos negar o debate e construção de uma sociedade mais criativa e inclusiva pela incapacidade da velha esquerda de construir uma sociedade em rede. E declarar que a Economia do Compartilhamento há de, inclusive, com outras idéias que ainda estão por vir, colocar em cheque a própria empresa Uber, que hoje enfrenta o corporativismo dos taxistas, mas amanhã poderá ser vetor de outra forma de corporativismo, tão problemática quanto.
- @kristianbritopasin


Isso, no entanto, não implica que concordemos com o modelo de negócio atualmente praticado pelo UBER, que vemos como bastante oneroso devido aos altos percentuais cobrados para seus prestadores de serviço e a ausência geral de direitos trabalhistas para os mesmos, algo bastante preocupante.
- @wilsonlira


Portanto, deixamos claro desde já que não desejamos ter nenhum tipo de parceria institucional com o UBER, mas caso vocês ainda deseja conversar para aprofundar o debate e nos conhecer pode contactar o pessoal do partido pirata de são paulo por meio do email saopaulo@partidopirata.org
- @wilsonlira


E é isso, mandamos o cara catar abobrinha mas de forma cortes.
- @wilsonlira


conversar em local público e com registro de vídeo/áudio para explicá-lo que não nascemos ontem, pois é mais divertido - ver a cara de tacho do maluco não tem preço
- @fernandodelabio


E estas, crianças, são várias formas diferentes de "mandar se foder". Todo mundo que discordou da minha proposta não sabe o que está votando. Se isto me faz ser como o Eduardo Cunha, então o que vocês são?

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

mANO DO CÉU! Como é que pode, um cara de uma empresa solicita uma conversa conosco e já achamos que o cara é 100% do mal? Alguém por acaso sabe o que o cara quer? INDEPENDENTEMENTE de qualquer opinião sobre o UBER, não é isso que está em questão. Você pode gostar iu não do aplicativo, defender ou ir contra, foda-se. A questão é: O cara quer conversar conosco. Só isso. Como é que podemos mandar o cara se foder ou coisa do tipo se nem sabemos o que ele quer????

IG

Iuri Guilherme Fri 31 Jul 2015

@amaurialveswensko a gente sabe exatamente o que ele quer.

Se tu não sabe, tu é um anjo.

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

Ah é? O que ele quer exatamente? fala aí meu chapa. É assim que vamos tratar empresarios como Partido político? mandando todos irem se foderem?

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

Prefiro falar com o uber que ler os emails do amauri no loomio.

WC

Wil Cavalcanti Fri 31 Jul 2015

"Não faz diferença o que a gente vote, o que eu propus é o que já estamos fazendo. Lide com isto."

Ok, encerrei o expediente depois dessa.

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

Eu coloquei isso aqui como privado. Se quiserem. Mando o link em publico pra ele.

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

@telegrafico , vá se foder!

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

@iuri vá se foder!

RF

Ricardo Fukui Fri 31 Jul 2015

eu realmente acho legal quando nao sou eu que to mandando todo mundo se foder.

=]

eu nao vejo problema nenhum em colocar isso como publico @telegrafico (que eu meio que me perdi aqui quem eh, eh o Pyter?), ele vai saber que esta conversando com um monte de gente que sabe exatamente que o uber eh idiota, mas eh uma solucao paletativa ao modus operandi dos taxis pra hoje.

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

Sim, ele vai perceber que estamos aqui julgando seu caráter e suas intenções antes dele expor sejá lá o que for. Ele pode pensar "nossa, que espertos!" ou então "nossa, que burros!" Eu não gosto de apostas, principalmente as que se baseiam em preconceito, em intolerância e na falta de boa vontade. Mesmo que o sujeito seja de fato um crápula, só poderíamos dizê-lo quanto ele mesmo der os motivos para isso. Tudo o que não se baseia nos fatos, é intolerância e coisa de gente que não sabe o que está fazendo em um Partido Político. Se o sujeito aparecer com uma mala de dinheiro e para comprar nosso apoio, vocês dirão: "EU NÃO FALEI?" "CHUPA AMAURI FANBOY DO CARALHO!"
Mesmo assim, mesmo que ele o faça, a atitude de mandá-lo se foder antes dele dar os motivos é ridícula e não condiz com gente que tem maturidade para participar da Política.

G

galdino Fri 31 Jul 2015

não acho que ele seja 100% do mal. se tivesse alguém no mundo 100% do mal, eu nem mandaria se foder por medo do que uma pessoa 100% do mal é capaz.

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

Quero conversar com a mafia do lixo, do transporte, do setor imobiliario e mandarem se fuder

G

galdino Fri 31 Jul 2015

aliás, por que ninguém consegue respeitar a legitimidade dessa abordagem? se não conseguem enxergar nada além das próprias premissas e da própria forma de fazer política, não precisam expor isso porque ficam parecendo dez vezes mais intolerantes que um "vai se foder" que eu sugiro.

aliás, até parece que sairia daqui uma resposta oficial construída colaborativamente dizendo "vai se foder". não sei por que cês ficam nessa neurose.

SW

Silva Wagner Fri 31 Jul 2015

Ate parece que so se compra alguem com dinheiro. Virus influenza.

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

A frase do dia é "vai se foder". Eu poderia ter escrito algo mais educado, mas como o que está em votação é dizer isso com outras palavras, nada melhor do que expressar minha opinião no mesmo tom. Espero que entendam e que não deixo de respeitar a opinião de todos aqui. Se a posição da maioria for mandar um foda-se educado ao sujeito, fazer o que?

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

E estava óbvio demais que alguém ia se adiantar e entrar em contato com o cara para dizer o que pensa né? Respeitar o coletivo para que?

DU

[deactivated account] Fri 31 Jul 2015

Isso aqui mostra que não adianta mudar só a estrutura dos órgãos eletivos, mas é necessário tbm mudar nossa cultura interna. Não é possível ter participação interna e auto gestão desse jeito. A Fabi usou as palavras certas: ambiente tóxico.

FD

Fernando Delabio Fri 31 Jul 2015

O que uma empresa envolvida em inúmeros casos de lobby deseja quando...

"Gostaria muito de tentar conversar com vocês mais detidamente. Temos algumas bandeiras em comum - na carta de diretrizes há, em particular, um item que reflete com exatidão o que somos, quando vocês defendem “o acesso das pessoas às cidades, com soluções construídas de forma colaborativa, que privilegiem o bem-estar coletivo”."?

Não julguei em nenhum momento o caráter do senhor Mangabeira (mesmo sobrenome do cara que tem envolvimento com o Obama e o PT!!! =O) e nem as intenções dele, mas, nem pq os caras são espertões, como o @telegrafico colocou, eu sou tão burro ao ponto de não saber o que uma empresa deseja com um coletivo político, ainda mais em vias de formalização partidária. E não tenho interesse em saber qual a da empresa que o cara trabalha quando em conversas de gabinetes e outras às escuras.

LS

Leonardo Sampaio Fri 31 Jul 2015

Se fosse pra recebermos uma doação e não precisássemos mudar nada no nosso programa nem no modus operandi, essa doação não seria legítima?

Lobby é se a empresa quiser que façamos alguma alteração na nossa forma de votar alguma questão, e em troca nos oferecer alguma vantagem. Isso sim é anti ético.

Mas e se quiserem nos dar uma mala de dinheiro, só pra nos ajudar, já que algumas ações nossas beneficiam diretamente a eles? Em termos práticos: já nos posicionamos a favor do Uber na batalha judicial que estão enfrentando; faríamos isso, independente de ganharmos doação ou não; Isso seria um lobby? Acho que não. Lobby seria se quisessem que nos posicionássemos a favor deles em uma eventual questão trabalhista por exemplo. Isso nós não podemos fazer.

Mas se houverem casos documentados de compra de influência envolvendo a Uber, aí pode pegar mal pra nós recebermos qualquer valor deles, mesmo se não for a título de lobby.

MAS

Marcos Aurélio Silva de Souza Fri 31 Jul 2015

Vou conversar com o PSol em Pernambuco esses dias, quero ver alguém ousar me proibir ou me censurar, porque sou bambu, de purismo por aqui eu cansei. Ser pudico e se negar a conversar seja com que for, me desculpem vão fundar uma religião anabastista de preferência, tipo Amish. que proibe o contato com pessoas estranhas ao grupo. :P

FD

Fernando Delabio Fri 31 Jul 2015

Ética, da wikipedia...

"A palavra "ética" vem do grego ethos e significa aquilo que pertence ao "bom costume", "costume superior", ou "portador de caráter". Princípios universais, ações que acreditamos e não mudam independentemente do lugar onde estamos.

Diferencia-se da moral, pois, enquanto esta se fundamenta na obediência a costumes e hábitos recebidos, a ética, ao contrário, busca fundamentar as ações morais exclusivamente pela razão."

Na minha ética continuaria sendo anti-ético, receber - enquanto partido - dinheiro de "agradecimento" ou de "apoio" de alguma empresa que se beneficia de algumas de nossas pautas e se estrutura de forma incondizente com a forma de economia solidária e de compartilhamento que o partido defende.

LS

Leonardo Sampaio Sat 1 Aug 2015

@fernandodelabio, bom ponto.

@marcosaureliosilva pode conversar à vontade. Só não deliberar nada sem aval do coletivo.

FD

Fernando Delabio Sat 1 Aug 2015

@marcosaureliosilva não há problemas em fazer contato com as criaturas de fora da caverna - ou, no caso, do navio -, apenas é muito legal - e, na minha opinião, importante - que tenhamos documentado e publicizado em algum canto todo tipo de contato institucional, seja com a uber, com o psol, com o psdb, com o pt, com alguma pessoa ocupante de cargo eletivo qualquer, aonde qualquer pessoa possa ver e não sobre margem para as pessoas de fora do navio pensar que há rituais das artes das trevas dentro do mesmo, exceto, é claro, nas teorias de conspiração illuminati massônicas da nova era.

MAS

Marcos Aurélio Silva de Souza Sat 1 Aug 2015

@leonardosampaio eu sei bem, no estatuto antigo que se baseia o atual, principalmente fpi resultado de muitas conversas que participei ativamente. Aliás, fora o viés punitista da CJ não mudou muita coisa do antigo estatuto.

DU

[deactivated account] Sat 1 Aug 2015

Agora chamam de ética o comportamento de clausura ideológica. Não sei onde está a falta de ética atender um indivíduo que solicita conversar conosco. Vocês é que estão dizendo que ele vai tentar nos comprar e fazer esse tipo de afirmação é que me parece falta de ética. Depois que ele fizer a proposta, se fizer, vocês tem todo o direito reconhecido de mandá-lo ir se foder.

LS

Leonardo Sampaio Sat 1 Aug 2015

Quanto ao diálogo, concordo contigo, acho que podemos e devemos conversar com eles, para não incorrer em pré-julgamentos.

Mas tem outra questão também, @amaurialveswensko.
Eu não tenho conhecimento dos fatos, então não posso opinar a respeito, mas tem gente aqui dizendo que o Uber faz lobby, o que a tornaria uma empresa sem ética. Se isso for verdade, poderia ser anti-ético aceitarmos qualquer forma de ajuda deles. Muito menos oferecermos qualquer coisa. Se decidirmos conversar com eles, pode ser necessário em algum momento realizar a reflexão de ética, a fim de definir o limite das relações. Ou pode ser que tal reflexão nunca chegue a ser necessária... mas dada a gravidade das denúncias, acredito que sim, precisaremos eventualmente pensar a respeito.

FD

Fernando Delabio Sat 1 Aug 2015

Sim... empresas são todas boazinhas e todos(os) empresários(as) abrem empresas pensando na função social do trabalho, em romper com o modelo capitalista vigente e se organizar de forma colaborativa... nós estamos propondo um partido que paute essas coisas à tôa, só pq gostamos de "chover no molhado".

Aonde está dizendo que conversar com o cara é anti-ético? oO Mas sim, está sendo falado, claramente, em outro contexto de discussão, que ética é manter a coerência, se chama coerência de clausura ideológica, sem problemas, pode chamar do que quiser, eu às vezes chamo de bob. =P

Eu, o que pressupõe pessoalidade, prefiro não dar a oportunidade dele fazer qualquer proposta indecorosa, se houver a intenção de fazê-la, o que não implica em não conversar, qualquer pessoa que estiver disposta a ouvir a palavra da pirataria, acho válido levar até ela, se depois a pessoa julgar que não é interessante p/ ela, sem problemas, continuaremos levando as palavras da pirataria para os 4 pontos cardeais do planeta por terra, água e ar.

uber lobby
https://duckduckgo.com/?t=lm&q=uber+lobby
https://startpage.com/row/search
https://br.search.yahoo.com/yhs/search?hspart=ddc&hsimp=yhs-linuxmint&type=__alt__ddc_linuxmint_com&p=uber+lobby
https://www.google.com.br/search?q=uber+lobby&gws_rd=cr,ssl&ei=bBy8VZa-AYqYwASB1KGQDA

DU

[deactivated account] Sat 1 Aug 2015

Creio que está bem clara a incoerência de algumas falas. Eu paro aqui.

LS

Leonardo Sampaio Sat 1 Aug 2015

Temos projetos que poderiam ser beneficiados e não podemos esquecer disso... Uber é uma grande empresa e poderia ajudar a nos alavancar... desde que não cobrassem nenhum tipo de retribuição... Pense se eles enviassem fichas de apoiamento ao partido pirata para toda sua rede, será que algo assim não seria proveitoso? Ou bancassem a implementação de servidor para um repositório pirata, ou desenvolvimento dos sistemas biblioteca-repositório, ou diversas formas de ajuda que uma grande empresa pode oferecer... Não vejo nada errado em aceitar, desde que não tenhamos qualquer tipo de cobrança em nossos posicionamentos, que teriam que permanecer fieis aos nossos princípios para sempre, e que não tivéssemos que divulgar o nome deles de forma alguma. Isso não seria compactuar com lobby, de forma alguma. A mídia poderia nos pintar de maus, dizendo que apoiamos o Uber, mas não penso que deveríamos nos curvar à mídia. Qual seria o problema em aceitar algo, desde que não houvesse cobrança política, ameaças da máfia, etc.?

MAS

Marcos Aurélio Silva de Souza Sat 1 Aug 2015

@kannon no caso da possibilidade levantada pelo @leonardosampaio prefiro pedir logo ajuda ao Google. :P

MAS

Marcos Aurélio Silva de Souza Sat 1 Aug 2015

Prefiro que a gente seja de fato o que pregamos, a começar por transparência financeira. Se tivéssemos de fato isso, eu até poderia talvez pensar em debater essa possibilidade de receber algo de pessoas jurídicas. Mas acho que estamos é esquecendo de fazer na prática o que defendemos.

SW

Silva Wagner Sat 1 Aug 2015

Lobby não é uma pratica só das corporações (não é crime). Movimentos tambem fazem seu "lobby". Os piratas a priori estão do lado desses (ex: hackerspaces). Se o Uber construir um movimento de pessoas, certamente estaremos la. O que duvido que seja do interesse deles, claro.

FD

Fernando Delabio Sat 1 Aug 2015

Realmente, há incoerências em algumas falas, mas não paro por aqui, pois acho incoerente sentar no chão e cruzar os braços e fazer bico pq alguém tem um ponto de vista diferente do meu.

@leonardosampaio, sem querer usar palavras feias pq o pessoal não gosta, mas já usando, mídia de cu é rola, nossa imagem nós temos que fazer através da nossa transparência, as grandes mídias nunca serão a nosso favor, são estruturas não democráticas e pretendemos democratizá-las. Em relação à receber contribuições de empresas, não há problema, mas vc acredita que uma empresa que não tem nada a ver com os ideais piratas nos ajudaria na boa vontade, pq acreditam na democracia? Se acreditassem na democracia, democratizariam suas estruturas organizacionais, se acreditassem em economia solidária não concentrariam renda de forma a acentuar as desigualdades sociais, etc. Uma empresa ou pessoa, só faz uma doação voluntária para algo se houver algum interesse ou afinidade ideológica, se não há afinidade ideológica há interesse - basta dar uma olhada nas eleições brasileiras -, neste caso não há afinidade ideológica, exceto se fizer parte de nossa ideologia partidária agir em interesse de lobistas.

Vale lembrar que o senhor Mangabeira não nos contactou em nome próprio, mas sim em nome da empresa para a qual trabalha, a uber, sendo assim, as intenções do mesmo para com o PIRATAS é irrelevante, o que importa são as intenções da empresa para a qual trabalha, a qual tem vasto histórico de lobby e não se parece muito interessada nas causas piratas, mas sim em ganhar dinheiro e apenas isso.

Falando sobre o lobby da uber - http://www.bloomberg.com/news/features/2015-06-23/this-is-how-uber-takes-over-a-city

Lobistas da uber - http://assets.bwbx.io/images/isCAH4jFNqWs/v1/-1x-1.jpg