Loomio

Visão de atuação dos PIRATAS até o fim de 2020

MAS
Marcos Aurélio Silva de Souza Public Seen by 28

A visão pessoal que tenho para os próximos dois anos para minha atuação como secretário geral dos PIRATAS.

Refatorado com ajuda de Lucas.

"O objetivo final do Partido Pirata é "hackear" o sistema eleitoral e político, dentro da tradição de liderança Pirata, evitando o personalismo, inserindo dinamismo e formas de participação direta da população. Para viabilizar isso, um dos meus objetivos para a próxima gestão da Secretaria Geral é finalmente resolver a abertura da conta pessoa jurídica dos PIRATAS e a obtenção do registro eleitoral dos PIRATAS até o final de 2020. Não conseguiremos experimentar com novas formas de política enquanto houverem pendências jurídicas impedindo o acesso direto aos meios de gestão, sejam esses meios tradicionais como as urnas ou inovadores como a democracia líquida.

Além desses objetivos administrativos, precisamos voltar a ter protagonismo nas redes ocupando o devido espaço do debate de temas caros aos partido: Direitos autorais, privacidade, transparência pública, o impacto econômico que a tecnologia está causando e onde esse aprofundamento vai nos levar, o transumanismo e suas implicações na sociedade, neurodiversidade, humanidade. Em um cenário global de regressão de direitos humanos e civis, bem como queda de garantias referentes à políticas públicas laicas, estes temas não podem ser abordados isoladamente - como muitos espaços trabalham, por exemplo, o tema diversidade - mas com estratégias interseccionais. O PIRATAS tem a oportunidade de se posicionar como liderança nesses tópicos, para que possamos enriquecer culturalmente e politicamente a nossa sociedade órfã uma visão de futuro de médio e longo prazo.

O último ponto de atenção da nova gestão é o debate econômico, que tem potencial para transpassar todos os temas discutidos - muito do que é propagandeado como medida eleitoral, política, social ou moral é, na verdade, elemento de um interesse econômico velado. Os pontos centrais são o Pacto Federativo, no contexto descrito na tese aprovada na ANAPIRATA intitulada "O Fim do Pacto Imperial", o rentismo e a alta concentração bancária. É necessário aprofundar e divulgar o texto da tese, bem como estabelecer uma base similar para o combate ao rentismo e à fácil monopolização da atividade bancária".